quarta-feira, 18 de abril de 2012

Supremo Tribunal Piguiano – O delírio do PIG


Supremo Tribunal Piguiano – O delírio do PIG

STP - Supremo Tribunal Piguiano
O único confiável para o PIG

Profundamente aborrecido com as revelações — “era para ficar em segredo!” — das atividades subterrâneas da Revista da Marginal com o crime organizado capitaneado pelos comparsas, Matusalém Toicinho, CEO do PIG de 1500 a 1900, imagina ter encontrado a solução ideal para sair da maior enrascada em que estão mergulhadas as oligarquias na História do Brasil.

Saudoso da época da ditadura militar, o patriarca da famiglia Toicinho acredita ter encontrado a fórmula para evitar a bancarrota provocada pelos negócios escusos da rede midiática envolvida e enredada em vários artigos do Código Penal — “Era para ficar em segredo!”

De acordo com fontes próximas a Matusalém Toicinho, que pediram anonimato, a solução é “editar uma série de Atos Institucionais (AI)”.

O AI-1 determinaria o fechamento do STF – Supremo Tribunal Federal e sua substituição pelo confiável STP – Supremo Tribunal Piguiano, criado à imagem e semelhança do Comitê Central do PIG.

O AI-2 decretaria a extinção do Legislativo, do Judiciário e de Executivo e transferiria imediatamente as decisões dos três poderes para um único órgão, o PIG.

Todos os demais Atos Institucionais versam sobre a mesma “solução”: como entregar todo o poder para quem não tem votos.

As AS-PIG e as SS-PIG seriam encarregadas de manter a lei e a ordem, a liberdade e a democracia, de acordo com o que o PIG entende o que significam esses termos.

PS. Até o presente momento, desconhecemos a medicação receitada para acalmar Matusalém Toicinho, cuja agitação e embaralhamento de ideias estapafúrdias são típicas do desespero de quem controlou o país nos últimos 500 anos e não consegue admitir que a “gente diferenciada” tenha sua vez.

Sabe-se, entretanto, que mesmo considerando todos os costados e os cascos do referido senhor, nem mesmo seu neto, o Dr. Toicinho, apegado a saídas manu militari, conseguiu animar-se.

Ademais, as Cachoeiras, ou melhor, as Cataratas de delírios que envolvem o núcleo duro do PIG são suficientes para seus correligionários deixá-los fora de exposição pelos próximos 1.500 anos.




Leia também:



Neoliberalismo sofre duro golpe na Argentina

Palavras cruzadas além do entretenimento II


Nenhum comentário:

Postar um comentário