terça-feira, 1 de maio de 2012

As consequências de ter votado em Dilma 1: Os juros caem e a banca chora


As consequências de ter votado em Dilma 1:
Os juros caem e a banca chora


Banqueiros afirmam em reunião privada que apenas
uma guerrilheira poderia atacar os juros sem piedade.


HSBC, Santander e Citibank devem explicações aos brasileiros.


Quais são as taxas de juros cobradas pelo Santander na Espanha?

Quais são as taxas de juros cobradas pelo HSBC no Reino Unido?

Quais são as taxas de juros cobradas pelo Citibank nos EUA?



Levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) demonstra objetivamente que bancos cobram até 10 vezes mais do que em seus países de origem.





http://www.ipea.gov.br/sites/000/2/pdf/09_04_07_ComunicaPresi_20_Bancos.pdf



Leia também:

Murilo Portugal, da Febraban, reclama do jurocídio

Todo o mundo animal conhece as trapaças do Cachoeira e de sua turma


Lei de meios de comunicação, já!


Dos males, o menor.

Mas o #PIG não sabe qual é ou se existe mal menor.

#VejaBandida será jogada ao mar sem cerimônia.

#ConexãoDeltaSerra

#VejaBandida passou apenas pelo primeiro Raio X e não para de espernear.

Imagina quando chegar a Ressonância Magnética.

A propósito, duas questões:

1) Receber R$ 34 milhões do governo do Estado de São Paulo, somente na gestão Serra, fez bem para sua editora, Sr. Civita?

2) Sobre os contratos de quase R$ 1 bilhão com a Delta na gestão Serra e assinados pelo Paulo Preto, o PIG vai fazer alguma referência? Uma notinha de rodapé, pelo menos?

O PIG pode espernear, mas a liberdade será conquistada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário