domingo, 24 de junho de 2012

Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias


Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias

Encantado com a solução de seus correligionários paraguaios, o Dr. Toicinho parece ter deixado de lado sua depressão profunda e se animado com a “boa nova” do país vizinho.

Apesar de rechaçar o uísque batizado de lá, argumentando tratar-se de “restolho para gentinha diferenciada”, o CEO do PIG desde 1939 reconhece a engenhosidade da oligarquia amiga ao encontrar um método de se livrar de presidentes incômodos. O golpe legislativo ancorado na Constituição, cuja interpretação subjetiva é o que basta para cancelar a vontade de milhões de eleitores, seria a panaceia para o raquitismo de votos que acometera a direita tupiniquim e as demais ao redor do planeta.

Estudado comparativamente com o golpe em Honduras, o realizado no Paraguai apresenta uma série de “virtudes” apontadas pelo Dr. Toicinho. Em sua palestra aos demais dirigentes piguianos, ele destacou inovações desejadas pelo PIG na Constituição brasileira para o atendimento dos interesses de seus pares, tornando a legislação “contemporânea”.

As emendas constitucionais para a reforma política desejada pela Casa Grande conteriam, segundo ele, obrigatoriamente os seguintes elementos:

a) Introdução de cláusulas de controle oligárquico para desfazer as atuais aberrações presentes na realidade brasileira;

b) Poder apenas para os poderosos tradicionais, e estes devem ser restritos, pois quanto mais se divide o poder menos as famiglias poderão influenciar nos destinos da pátria;

c) Dissolução do Congresso, das Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais e afastamento de todos aqueles que estão em desacordo com as organizações das famiglias Marinho, Civita, Mesquita, Frias e suas sucursais regionais;

d) Supressão das eleições e nomeação direta a partir da Casa Grande dos governantes municipais, estaduais e federais;

e) Reintrodução do voto censitário: apenas teriam direito a voto pessoas brancas, possuidoras de mais de 50.000 hectares e renda superior a R$ 20.000.000,00;

f) Revogação dos artigos da Constituição denominados de direitos trabalhistas e sociais e sua substituição pelos artigos de obrigações trabalhistas e sociais;

g) Redução do custo Brasil com a justa remuneração do capital e a contribuição voluntária e patriótica dos trabalhadores, que passariam a abdicar recebimentos abomináveis como, por exemplo, salários mensais, o 13º salário, as férias e todos os lixos abrigados na Constituição de forma aviltante e insultuosa;

h) Habeas corpus imediato para Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres e demais “mosqueteiros da ética”;

i) Para defender a liberdade de imprensa, a única lei será a de nossos meios. Pois é dever lembrar que nossa liberdade de imprimir sofre cerceamento com a existência de jornais esquerdistas e blogs sujos. Portanto, é fundamental o fechamento destes e a manutenção apenas dos órgãos associados ao PIG para que as coisas voltem para seu devido lugar;

j) Transformação do STF (Supremo Tribunal Federal) em STP (Supremo Tribunal Piguiano);

k) E demais medidas salutares para o bom domínio de nossas famiglias;

l) Revogam-se as disposições em contrário.



Participe:



VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!



"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF






Leia também:



PIG recebe por assinatura




Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva




O significado dos termos esquerda e direita em política




A verdade segundo a Folha


Moderno Dicionário Cachoeira




Serra e PIG querem apagar e ou manipular nossas lembranças

Nenhum comentário:

Postar um comentário