sábado, 1 de setembro de 2012

Clint Eastwood, o interlocutor imaginário e a técnica do cromaqui



Clint Eastwood, o interlocutor imaginário e a técnica do cromaqui



Atores reacionários não são exceção no mundo do entretenimento e das ilusões, particularmente no contexto dos EUA.

A suposta coragem em desafiar uma cadeira vazia — e preenchê-la imaginariamente com um oponente ausente — revela muito da personalidade política dos republicanos, que não assumem suas próprias responsabilidades.

Atolaram os EUA no Iraque, no Afeganistão e levaram ao colapso a economia doméstica e de boa parte de seus principais parceiros com as aventuras belicistas e o fundamentalismo neoliberal.

Agora, tentando fazer o papel cômico daquele que tripudia de um adversário — que sequer está presente —, Clint escamoteia o real ocupante do assento de seu teatro bizarro: Little George Bush.

Todas as imprecações e sarcasmos poderiam ser dirigidos ao ex-presidente republicano.

Daí o monumental fiasco do gracejo, que causou frisson apenas entre os fanáticos do Tea Party.

Na realidade, não passou de um “ato falho”.

Quer que Freud explique, Clint?

Precisa desenhar?

Sorry, Clint-Romney.
A cadeira está ocupada.


Postscript: Clint imita “jornalistas” do PIG: acusa, julga e prende. Por isso, a existência do contraditório faz ruir a fábula grotesca de ambos.


Observação: Cromaqui - Chroma key
É uma técnica de processamento de imagens cujo objetivo é eliminar o fundo de uma imagem para isolar os personagens ou objetos de interesse que posteriormente são combinados com uma outra imagem de fundo.
O efeito ou técnica Chroma Key é utilizado em vídeos em que se deseja substituir o fundo por algum outro vídeo ou foto. Você já deve ter visto nos telejornais quando vão anunciar a previsão do tempo, atrás da pessoa que apresenta há um mapa do local, para fazer esse efeito foi utilizada a técnica Chroma Key ou Keying, na qual se filma em um fundo de cor sólida, geralmente azul e verde e hoje se usam até o vermelho, e depois se substitui essa cor.



Leia também:

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises) ou Tea Party escreve roteiros em Hollywood

O Decálogo ou Os dez Mandamentos da Lei de George Bush

Sobre o mais rejeitado em São Paulo, confira:

Privataria Tucana: É só uma questão de tempo para todo mundo saber

Nenhum comentário:

Postar um comentário