quinta-feira, 28 de junho de 2012

Pesadelo do PIG e suas estratégias para tentar evitar mais um Derrotox 45

Pesadelo do PIG
e suas estratégias para tentar evitar mais um Derrotox 45


 
Coro ouvido na reunião do Comitê Central do PIG (Partido da Imprensa Golpista):

"Que pesadelo!
Nossas assinaturas estão em perigo.
Como vamos interferir na Prefeitura de São Paulo se perdermos?
Precisamos adotar todos os esquemas para eleger nosso candidato 45.
Não podemos dormir no chiqueiro.
Vamos vestir a camisa. Bem mais do que de costume."



Participe:
VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!
‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF

Leia também:
Assinale a alternativa verdadeira e não caia na cilada de slogans comerciais

Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias

terça-feira, 26 de junho de 2012

Assinale a alternativa verdadeira e não caia na cilada de slogans comerciais


Assinale a alternativa verdadeira
e não caia na cilada de slogans comerciais



Participe:

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!

‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF
http://www.avaaz.org/po/petition/Impeachment_do_ministro_Gilmar_Mendes_do_STF/?cQjKsbb


Leia também:

Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias

Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva

O significado dos termos esquerda e direita em política

A verdade segundo a Folha

Moderno Dicionário Cachoeira

Serra e PIG querem apagar e ou manipular nossas lembranças

domingo, 24 de junho de 2012

Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias


Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias

Encantado com a solução de seus correligionários paraguaios, o Dr. Toicinho parece ter deixado de lado sua depressão profunda e se animado com a “boa nova” do país vizinho.

Apesar de rechaçar o uísque batizado de lá, argumentando tratar-se de “restolho para gentinha diferenciada”, o CEO do PIG desde 1939 reconhece a engenhosidade da oligarquia amiga ao encontrar um método de se livrar de presidentes incômodos. O golpe legislativo ancorado na Constituição, cuja interpretação subjetiva é o que basta para cancelar a vontade de milhões de eleitores, seria a panaceia para o raquitismo de votos que acometera a direita tupiniquim e as demais ao redor do planeta.

Estudado comparativamente com o golpe em Honduras, o realizado no Paraguai apresenta uma série de “virtudes” apontadas pelo Dr. Toicinho. Em sua palestra aos demais dirigentes piguianos, ele destacou inovações desejadas pelo PIG na Constituição brasileira para o atendimento dos interesses de seus pares, tornando a legislação “contemporânea”.

As emendas constitucionais para a reforma política desejada pela Casa Grande conteriam, segundo ele, obrigatoriamente os seguintes elementos:

a) Introdução de cláusulas de controle oligárquico para desfazer as atuais aberrações presentes na realidade brasileira;

b) Poder apenas para os poderosos tradicionais, e estes devem ser restritos, pois quanto mais se divide o poder menos as famiglias poderão influenciar nos destinos da pátria;

c) Dissolução do Congresso, das Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais e afastamento de todos aqueles que estão em desacordo com as organizações das famiglias Marinho, Civita, Mesquita, Frias e suas sucursais regionais;

d) Supressão das eleições e nomeação direta a partir da Casa Grande dos governantes municipais, estaduais e federais;

e) Reintrodução do voto censitário: apenas teriam direito a voto pessoas brancas, possuidoras de mais de 50.000 hectares e renda superior a R$ 20.000.000,00;

f) Revogação dos artigos da Constituição denominados de direitos trabalhistas e sociais e sua substituição pelos artigos de obrigações trabalhistas e sociais;

g) Redução do custo Brasil com a justa remuneração do capital e a contribuição voluntária e patriótica dos trabalhadores, que passariam a abdicar recebimentos abomináveis como, por exemplo, salários mensais, o 13º salário, as férias e todos os lixos abrigados na Constituição de forma aviltante e insultuosa;

h) Habeas corpus imediato para Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres e demais “mosqueteiros da ética”;

i) Para defender a liberdade de imprensa, a única lei será a de nossos meios. Pois é dever lembrar que nossa liberdade de imprimir sofre cerceamento com a existência de jornais esquerdistas e blogs sujos. Portanto, é fundamental o fechamento destes e a manutenção apenas dos órgãos associados ao PIG para que as coisas voltem para seu devido lugar;

j) Transformação do STF (Supremo Tribunal Federal) em STP (Supremo Tribunal Piguiano);

k) E demais medidas salutares para o bom domínio de nossas famiglias;

l) Revogam-se as disposições em contrário.



Participe:



VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!



"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF






Leia também:



PIG recebe por assinatura




Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva




O significado dos termos esquerda e direita em política




A verdade segundo a Folha


Moderno Dicionário Cachoeira




Serra e PIG querem apagar e ou manipular nossas lembranças

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Golpe no Paraguai - deposição de Lugo

Golpe no Paraguai - deposição de Lugo

Direita constata que não tem voto e não arrisca mais chegar ao poder pela via eleitoral.

Quer a garantia do golpe.

#GolpeParaguai

#Lugo



Participe:

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!

‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF




Leia também:

Assinale a alternativa verdadeira e não caia na cilada de slogans comerciais




Dr. Toicinho enaltece golpe paraguaio como modelo “democrático” das oligarquias
http://agenorbevilacquasobrinho.blogspot.com.br/2012/06/dr-toicinho-enaltece-golpe-paraguaio.html

quarta-feira, 20 de junho de 2012

O filme La Noche de los Lapices. Filme da história real de estudantes secundaristas presos, torturados e assassinados pela ditadura argentina



O filme La Noche de los Lapices

Filme da história real de estudantes secundaristas presos,
torturados e assassinados pela ditadura argentina.



Compartilhamos com todos o filme La Noche de los Lapices, neste momento em que há quem justifique e até reivindique as ações violentas da PM contra estudantes.



Participe:

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!

‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF


Leia também:

PIG recebe por assinatura
http://agenorbevilacquasobrinho.blogspot.com.br/2011/08/pig-recebe-por-assinaturas.html

McDonald's: os arcos dourados da escravidão

McDonald's deve explicações à sociedade

Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva

O significado dos termos esquerda e direita em política

A verdade segundo a Folha


segunda-feira, 18 de junho de 2012

McDonald's: os arcos dourados da escravidão

McDonald's: os arcos dourados da escravidão



Vídeo revelador das práticas do McDonald's


McDonald's
Arcos dourados da escravidão
condições análogas à escravidão
desrespeito à Constituição
ilegalidade
precarização do trabalho
sub-remuneração



Qual deve ser a punição para o McDonald's?



Comissão de Trabalho recebe denúncias de precarização do trabalho na rede Mc Donald’s

EMPREGO - CPI do Trabalho Escravo poderá investigar a rede McDonald’s


Brasília, quarta-feira, 13 de junho de 2012 - Ano 13 Nº 2798

EMPREGO - CPI do Trabalho Escravo poderá investigar a rede McDonald’s
Representantes da rede de lanchonetes McDonald’s poderão ser convocados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Trabalho Escravo para prestar esclarecimentos sobre a jornada de trabalho e a política de salários adotada pela empresa. O assunto foi tema de audiência pública promovida ontem pela Comissão de Trabalho, mas o McDonald’s não enviou nenhum representante.

O 2º vice-presidente da comissão, deputado Sabino Castelo Branco (PTB-AM), pediu ao deputado Domingos Dutra (PT-MA), integrante da CPI do Trabalho Escravo, que proponha a convocação de representantes da rede de lanchonetes.

Os deputados querem apurar denúncias sobre a chamada “jornada móvel e variável” de trabalho, pela qual a empresa exige a presença do funcionário durante todo o expediente, mas remunera apenas horas efetivamente trabalhadas. A jornada seria de 44 horas semanais, mas, nos momentos em que a demanda é menor, os funcionários são encaminhados para uma sala de espera, e o tempo que passam ali não é contado como horário de trabalho.

A ex-funcionária do McDonald’s Glayce Bragança disse que, por causa dessa jornada, recebeu menos do que o salário mínimo por diversas vezes. “Setenta reais eu recebi por três meses. O máximo que eu recebi foi R$ 500”, declarou. “Isso é uma humilhação, porque a gente vai lá para trabalhar, trabalha muito e ganha menos que o salário mínimo.”

Sindicato - Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares, Lanchonetes e Restaurantes de São Paulo e Região, Francisco Calasans,”a CLT prevê que o trabalhador é remunerado enquanto aguarda ordem para entrar em serviço”. Ele informou que o piso da categoria é de R$ 839, mas o McDonald’s criou um sindicato próprio para seus funcionários com piso menor.

Representantes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Ministério do Trabalho também foram convidados para a audiência, mas não compareceram. O debate foi proposto pelos deputados Sabino Castelo Branco e Eudes Xavier (PT-CE).

http://www2.camara.gov.br/radio/materias/ULTIMAS-NOTICIAS/419659-REPRESENTANTE-DO-MCDONALDS-PODERA-SER-CONVOCADO-PELA-CPI-DO-TRABALHO-ESCRAVO,-DIZ-DEPUTADO.html


CPI do Trabalho Escravo poderá investigar a rede McDonald’s
Deputados querem apurar denúncias de que funcionários da rede estariam recebendo menos de um salário mínimo, apesar de cumprir jornada de 44 horas semanais.
Beto Oliveira
Representantes da rede de lanchonetes McDonald’s poderão ser convocados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Trabalho Escravo para prestar esclarecimentos sobre a jornada de trabalho de seus funcionários e a política de salários adotada pela empresa. O assunto foi tema de audiência pública na Câmara nesta terça-feira (12), mas o McDonald’s não enviou nenhum representante.
Os deputados querem apurar denúncias sobre a chamada “jornada móvel e variável” de trabalho, pela qual a empresa exige a presença do funcionário durante todo o expediente, mas remunera apenas horas efetivamente trabalhadas.
A jornada seria de 44 horas semanais, mas, nos momentos em que a demanda é menor, os funcionários são encaminhados para uma sala de espera, e o tempo que passam ali não é contado como horário de trabalho.
"A CLT prevê, no artigo 4º, que o trabalhador é remunerado enquanto aguarda ordem para entrar em serviço", disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares, Lanchonetes e Restaurantes de São Paulo e Região, Francisco Calasans, que participou da audiência.
Já a ex-funcionária do McDonald’s Glayce Bragança disse que, por causa dessa jornada variável, recebeu menos do que o salário mínimo por diversas vezes. Ela trabalhou em uma lanchonete da empresa entre 2010 e 2011. “Setenta reais eu recebi por três meses. O máximo que eu recebi foi R$ 500”, declarou. “Isso é uma humilhação, porque a gente vai lá para trabalhar, trabalha muito e ganha menos que o salário mínimo.”
A Constituição brasileira estabelece que o salário, quando variável, nunca pode ser inferior ao salário mínimo mensal.
Convocação

A audiência desta terça-feira foi promovida pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. O 2º vice-presidente da comissão, deputado Sabino Castelo Branco (PTB-AM), pediu ao deputado Domingos Dutra (PT-MA), integrante da CPI do Trabalho Escravo, que proponha a convocação de representantes do McDonald’s. A empresa Arcos Dourados é a detentora dessa marca na América Latina.

A convocação de representantes da empresa vai depender da aprovação de requerimento pela CPI.
Sindicatos

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares, Lanchonetes e Restaurantes de São Paulo e Região, Francisco Calasans, informou que o piso da categoria é de R$ 839, mas o McDonald’s criou um sindicato próprio para seus funcionários com piso menor.

Ele também afirmou que a rede McDonald's assinou um acordo coletivo de trabalho com o sindicato em abril deste ano para começar a valer a partir de julho. A empresa adota a jornada móvel e variável de trabalho desde 1995.
Ausência

Representantes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Ministério do Trabalho também foram convidados para a audiência, mas não compareceram. O debate foi proposto pelos deputados Sabino Castelo Branco e Eudes Xavier (PT-CE).

Reportagem – Luiz Cláudio Canuto

Edição – Pierre Triboli



A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'



Comissão de Trabalho recebe denúncias de precarização do trabalho na rede Mc Donalds
A Comissão de Trabalho da Câmara realizou audiência pública para debater a situação dos funcionários que trabalham ou trabalharam na rede de lanchonetes Mc Donald’s. Segundo denúncias recebidas pelos deputados, a empresa submete os empregados a um regime de trabalho ilegal e humilhante.

Créditos/Câmara Hoje:
Gleyce de Oliveira - Ex-funcionária do Mc Donalds
Adriana Pinto - Ex-funcionária do Mc Donalds
Mariana Przytyk - Repórter
Dep. Eudes Xavier (PT-CE)
Dep. Sabino Castelo Branco (PTB-AM)






Participe:
VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!
"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF

Leia também:
Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva

O significado dos termos esquerda e direita em política

A verdade segundo a Folha

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Ato por uma Comissão da Verdade da USP, com a fala de Marilena Chauí



Ato por uma Comissão da Verdade da USP,
com a fala de Marilena Chauí



Ato realizado dia 12 de junho de 2012 na FEA-USP


Participe:

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!

‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF




Leia também:

Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva

O significado dos termos esquerda e direita em política

A verdade segundo a Folha


Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva


Por que viraram à direita ou A escolinha da arte de lamber saliva

A escolinha da arte de lamber saliva


1. Porque sempre estiveram à direita.

2. Porque a direita seduz seus adeptos com os holofotes e a ribalta de seus latifúndios de comunicação.

3. Porque o "convertido" faz vista grossa e/ou concorda com as injustiças e atrocidades cometidas pelos seus comandantes oligarcas.

4. Porque existe nostalgia dos “bons tempos” da escravidão: o Brasil está oferecendo espaço para “gente diferenciada” nas aeronaves, nas faculdades e em outras esferas antes restritas aos senhores da Casa Grande.

5. Porque seus ideólogos aceitam de bom grado as comodidades em troca da arte de lamber saliva.


Marilena Chauí fala na USP sobre as práticas políticas da direita





Participe:

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!

‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF



Leia também:

O significado dos termos esquerda e direita em política

A verdade segundo a Folha

Quero colaborar com o Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho

 


segunda-feira, 11 de junho de 2012

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!! ‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF



VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!
"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF



VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!
‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF 


Meu nome é Agenor Bevilacqua Sobrinho. Sou um cidadão indignado e sinto-me agredido com a permanência do senhor Gilmar Mendes no STF, cuja presença desmoraliza a mais alta corte do Brasil.

"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF é profilático para impedir a desmoralização da mais alta Corte do Brasil.



1. Ele é acusado por seu ex-sócio (ex-procurador-geral da República Inocêncio Mártires Coelho) de sonegação fiscal, desfalque e um esquema de cobrança de comissões sobre patrocínios e eventos fechados com o IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), ao arrepio da Lei Orgânica da Magistratura, que veda aos juízes o exercício de outra atividade a não ser a de professor.
O ministro e o terceiro sócio do instituto, Paulo Gustavo Gonet, teriam pagado “R$ 8 milhões e 1 reais” para comprar as cotas de Inocêncio no comando societário do IDP com o propósito de abafar e “silenciar” o ex-procurador-geral.
Ademais, contraiu-se um empréstimo de R$ 3 milhões conseguidos pelo ministro junto ao Banco do Brasil, em 2005, para construir o prédio do IDP.
Os vencimentos de ministro do STF comportam essas cifras?

2. Em sua incontinência verbal, deu diferentes versões para um mesmo acontecimento — a conversa que teria tido com o ex-presidente Lula, presenciada pelo ex-ministro Nelson Jobin —, embora desmentido categoricamente por estes.

3. Ele alegou ser vítima de escutas ilegais e nunca forneceu provas a respeito, inventando o “grampo sem áudio” com o beneplácito da Revista Veja e do senador Demóstenes Torres.

4. Ele disse que a relação com o  senador Demóstenes Torres é “funcional”, mas pegou carona em aviões com o mesmo e diz que isso “não tem relevância”. Mas de quem é o avião, já que o referido deputado não tem aeronave? Um agente público pode receber favores dessa natureza?

5. Ele autorizou prontamente “habeas corpus" para os srs. Daniel Dantas, Celso Pitta, Naji Nahas e outros, presos pela Polícia Federal na Operação Satiagraha.

6. Ele declarou que o “Supremo é um Poder em caráter descendente”. Qual tem sido a contribuição dele para isso?

VAMOS ASSINAR A PETIÇÃO!!!
‎"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF 

Basta inserir seu comentário abaixo!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

O significado dos termos esquerda e direita em política


O significado dos termos esquerda e direita em política


Rede Globo? À direita.


Os termos esquerda e direita em política, oriundos da França revolucionária do século XVIII, continuam atuais, a despeito de serem descartados pelos conservadores.

Na Assembleia Legislativa Francesa (1792), do lado direito da presidência ficavam os moderados (os Girondinos), partidários de frear as mudanças revolucionárias. Do lado esquerdo, os deputados radicais (a Montanha), que queriam o aprofundamento da revolução.

Precisamos ser rigorosos para que as palavras tenham a precisão de um conceito.

Jacob Gorender define uma posição de esquerda como sendo "o conceito referencial de movimentos e ideias endereçados ao projeto de transformação social em benefício das classes oprimidas e exploradas. Os diferentes graus, caminhos e formas dessa transformação social pluralizam a esquerda e fazem dela um espectro de cores e matizes" (GORENDER, Jacob. Combate nas trevas, 1987, p. 7).

Desse modo, verificamos que o autor procura dar ao conceito operacionalidade. Ou seja, práticas que não se coadunam com essas referências não podem ser chamadas de esquerda, pois seria apenas um engodo.

Além do papel da mídia capitalista na produção da alienação, não podemos deixar de mencionar a colaboração de partidos de "esquerda" ou "centro-esquerda" que assumem a agenda do mercado e implementam políticas recessivas e reacionárias (vide exemplos de Zapatero, na Espanha, e do partido socialdemocrata, na Grécia; Obama, nos EUA, subsidiando aqueles que fomentaram a crise, como, por exemplo, o setor financeiro).

A classe trabalhadora vota lidando com as limitações de acesso à informação, mas também decepcionada com a traição de classe daqueles que dizem defendê-la, mas na prática assumem e radicalizam medidas neoliberais, diametralmente opostas ao que prometeram nas campanhas.

Portanto, a coerência é exigida. Não é à toa que fascistas de diversas latitudes encontram espaço para suas demagogias (Le Pen, na França; Mariano Rajoy, na Espanha).

O melhor antídoto contra essas posições retrógradas, sem dúvida, é a prática honesta com os princípios reais da transformação em favor daqueles que historicamente são espoliados.
Exemplificando:

1) São posições de esquerda a atual onda de reduções da taxa Selic. Seu aumento injustificado é amamentar os rentistas (estes são defendidos pela direita política e econômica).

2) São posições de direita a defesa do monopólio dos meios de comunicação. A direita não quer arredar pé de seu poder, mas será obrigada se a correlação de forças pender à esquerda, criando uma lei de meios de comunicação que democratize os instrumentos de acesso à informação, direito básico e fundamental.

3) São posições de direita a defesa do latifúndio. A esquerda luta pelo distribuição da terra e da renda; por igualdades de acesso à justiça, à saúde, à moradia, à educação etc.

4) São posições de esquerda a luta contra o trabalho escravo, a informalidade e a precarização das condições do trabalho. A direita, nostálgica da escravidão, gostaria de retornar aos “bons tempos” do cativeiro e da submissão.

5) São posições de esquerda aquelas que colaboram para reduzir e destruir as injustiças e as opressões.

6) São posições de direita a manutenção pelo maior prazo possível das iniquidades, pois a miséria e as desigualdades são fonte de enriquecimento para os que se locupletam com a miséria alheia.

7) São posições de direita a imposição de valores fátuos, fúteis e com alto poder de alienar.

8) A corrupção é intrínseca às instituições capitalistas. Sua prática por setores que se denominam de “esquerda” na realidade esconde apenas a adesão deles aos princípios e ações da direita, uma vez que os recursos públicos deixam de beneficiar aqueles que mais precisam de subsídios, configurando delito e conivência com a injustiça.

9) A justiça de classe é típica da estrutura jurídica capitalista e questão de princípio para a direita, porque alimenta preconceitos e mantém o status quo.

10) As transformações político-econômico-sociais acontecem porque as pessoas, os movimentos e organizações trabalham para isso. A direita quer a revogação de direitos trabalhistas arduamente conquistados pelos trabalhadores. A esquerda busca a defesa desses direitos e a criação de outros que protejam aqueles que produzem a riqueza no planeta.

11) Posições de esquerda: Criação de direitos, desconcentração de renda e de poder, destruição das iniquidades, combate à corrupção.

12) Posições de direita: Revogação de direitos trabalhistas, concentração de renda e de poder, preservação das iniquidades, corrupção endêmica e epidêmica.

13) Historicamente, esquerda designa os movimentos e processos favoráveis às transformações em benefício dos pobres. Por outro lado, a direita, representante dos conservadores, busca preservar o status quo e repelir as mudanças de interesse popular.

Leia também:

Dispositivos indispensáveis ao repórter / entrevistado piguiano

Nota conjunta secreta dos senhores de bens (apenas para as famiglias): Pela volta da censura!

A verdade segundo a Folha

Moderno Dicionário Cachoeira

62 dos 100 maiores contribuintes da CPMF jamais haviam pagado IR – Imposto de Renda

Serra e PIG querem apagar e ou manipular nossas lembranças

sábado, 2 de junho de 2012

Certificado Pagot Roubanel 60%


Certificado Pagot

Roubanel 60%
_____________





Procurador Geral da República
Roberto Gurgel,
Vai tomar alguma providência sobre o Roubanel?


Leia também:


Tiro no pé na armação da Veja

Serra é dos bens 100% e Gilmar Mendaz saiu pela culatra

#Roubanel


A verdade segundo a Folha

Serra é dos bens 100%


Serra é dos bens 100%


"Apenas" 60% é injustiça e desrespeito


Segundo Pagot, Roubanel financiava campanha de Serra.


Tiro no pé:
Ai. Armação com Gilmar Mendaz foi um tiro no pé. 

Gilmar Mendes, cuja incontinência verbal é ilimitada, já entrou para o anedotário nacional como sendo Gilmar Mendaz.

Não por outro motivo, o PIG ofereceu-lhe a ribalta para fazer um servicinho de encomenda.

Entretanto, a personagem patética ficou deslumbrada com os holofotes, abrindo o destampatório de suas 1001 versões sobre um mesmo assunto, quiçá para não entediar o interlocutor com apenas uma versão sobre um mesmo acontecimento.




Leia também:

A verdade segundo a Folha

Mitômano contumaz esse Gilmar Mendaz