terça-feira, 14 de janeiro de 2014

“Luta de classes não existe!”, afirma o Dr. Matusalém Toicinho




“Luta de classes não existe!”,
afirma o Dr. Matusalém Toicinho


Governador Arquiruim, Dr. Matusalém Toicinhon e Dr. Toicinho
fazem um balanço de conjuntura e acertam as coordenadas para 2014



Dr. Matusalém Toicinho, CEO do PIG de 1500 a 1938, bem como seu sucessor, o Dr. Toicinho, que cumpre a mesma função desde 1939, visitaram a sede do Partido dos Bicudos Brasileiros para felicitar enfaticamente o governador Arquiruim pelo tratamento dispensado aos jovens da periferia com seu “rolezinho” nos shopping-centers, “templos sagrados da família e dos homens de bens”, ressaltou o centenário líder piguiano.

Arquiruim exibia um sorriso largo a cada elogio enunciado pela dupla do PIG. Prestava atenção e se deliciava com cada palavra emitida pelo par de magnatas da comunicação. No entanto, se percebia seus olhos brilharem intensamente, denunciando predileção, pelas palavras do Dr. Matusalém Toicinho.

Este discorria lepidamente, apesar de sua incerta idade de vários séculos, sobre temas caros ao trio, cuja intimidade não podia ser ignorada nem mesmo pelo observador desatento.

“É uma pena que a Gloriosa Ditabranda de 1964 não perdurou. Hoje está tudo deteriorado. Os pretinhos, os pobres, as putas e os petistas inventaram que podem dar ‘rolezinho’ em nossos estabelecimentos. Isso é inadmissível! É só passar pelo nosso detector de cor de classe que nenhum deles entraria em qualquer lugar, exceto nas prisões. O lugar natural dessa gentinha ordinária.”

“Aliás, não é ‘rolezinho’ o nome adequado dessa asquerosidade. É ‘ralézinha’!”

Aplausos desvairados do Dr. Toicinho e mais tresloucados ainda por parte do governador Arquiruim.

“Nos aeroportos, nas universidades, nas praias — em todo lugar — está infestado de ‘ralézinha’. E fora de suas obrigações naturais, que como todos sabem é faxinar exemplarmente para que as pessoas de bens possam usufruir com dignidade o que Deus reservou exclusivamente a elas como escolhidos. Existem as classes com direitos e aquelas com obrigações!”

Governador Arquiruim beija demoradamente as mãos do Dr. Matusalém Toicinho e do Dr. Toicinho.

E ambos continuam embevecidos acompanhando o discurso do mais ancião do clã.

“Não existe luta de classes! É apenas mais uma invencionice desses vermelhos, comunistas a serviço da desestabilização das famílias de bens. Não pode faltar é ordem! Por isso, o apartheid é um correlato jurídico-político da lei da gravidade. Caso deixemos prosperar a ‘ralézinha’ em nossos territórios santificados de consumo e lazer, se ficarmos inertes e acabrunhados, o que será de nós enquanto oligarquias?”

“O momento é grave, senhores! Este ano estamos com novos integrantes para reforçar e completar nossa equipe tradicional. No judiciário, nossas tropas sempre de prontidão para expedir habeas corpus preventivos para Daniel Dantas e quaisquer homens de bens que venham a ser enxovalhados por publicações anarquistas-vermelhóides. E no mesmo diapasão, mandar todos os PPPP de chofre para o xilindró. Não precisa de provas, nem de evidências, nem de nada! Basta sair na InVejaTucana e na Folha da Oligarquia, nossos veículos que produzem as bibliografias básica e complementar únicas da literatura a ser consultada pelos ministros do Supremo Tribunal Piguiano.”

Dudu Fields oficialmente está em nosso time para evitar a quarta derrota seguida para o petismo e sua presidente guerrilheira. A econeoliberal sonhática também está afinada com nossos propósitos e não vai dizer uma palavra sobre a sonegação de mais de R$ 18,7 bilhões do Itauzinho e muito menos sobre a da Rede Globo, coisinha pouca de mais de R$ 2 bilhões. Quem não fala sobre a maior por que abriria o bico sobre a menor?”

“Não teria cabimento!”, pondera Arquiruim. “Seria um absurdo!”, complementa Dr. Toicinho.

 “Hoje — prossegue o Dr. Matusalém Toicinho — não nos basta controlar os meios de comunicação de massas impressos, de rádio e televisão. Porque a ‘ralézinha’ se dá conta rapidamente de nossas pregações pela alta dos juros, pelo fim do Bolsa família, do Mais médicos, do ProUni e de todas as políticas de distribuição de renda a favor da vagabundagem da ‘ralézinha’. Porque, senhores, os comunas assaltaram a internet e prontamente rebatem nossas manipulações.”

“Hoje não nos basta controlar o judiciário. É só ver o Gráfico que fizemos na GloboNews se transformar em piada num tal de Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho (cuidado com ele, Arquiruim!) e em todas as redes sociais.”

“Portanto, os mais antigos estratagemas e golpes não surtem os mesmos efeitos esperados. Precisamos renovar nossa artilharia e fulminar a ‘ralézinha’ para que ela retroceda e volte para seu lugar destinado por Deus e pela natureza: limpando nosso chão, esfregando nossas latrinas, engraxando nossos sapatos italianos e de cromo alemão, brilhando nossas limusines e aparando a grama de nossos jardins etc.”

 Não existe luta de classes, senhores!

“Muito bem!”, elogiam em jogral os admiradores do Dr. Matusalém Toicinho.




Confira também:

Prefeito Fernando Haddad, acabe com a máfia da morte

Metodologia da Rede Globo e sua "imparcialidade"

Imposto sobre as grandes fortunas. Quem deve pagar: As pessoas mais ricas do Brasil

Revista Veja não tem credibilidade

Pronunciamento do governador Geraldo Consumo Inesperado Alckmin

Folha de S. Paulo

Salmo da Rede Globo: do golpe de 1964 até sempre. O golpe é o meu guia, nada me faltará

Golpe de 1964 - O apoio da Rede Globo, da Folha de São Paulo, do Estadão (PIG)

Imprensa livre, pluralista, sem rabo preso, apartidária, isenta e democrática

PIGedredom - Cobertura total para a famiglia

Tucano Pictures – apresenta: Espionagem de manifestantes

Sem novidades. Do PIG só pode vir mais PIG.

Sonegação da Rede Globo à Receita Federal

Obrigado, PSDB!

EXCLUSIVO: Folha da Oligarquia - Um jornal a serviço do capital III.

Mercenários



Da saga do Dr. Toicinho e do Dr. Matusalém Toicinho:

Dr. Matusalém Toicinho e Dr. Toicinho em reunião de “apartidários” no Fábrica de Crises #changeBrazil #GiganteAcordou

Dr. Matusalém Toicinho e Dr. Toicinho apoiam enfaticamente os "apartidários"

Túnel do tempo piguiano. De volta para as Sesmarias

Dr. Toicinho confessa ao bispo segredos sobre assuntos que não aparecem no livro A Privataria Tucana

Avô do Dr. Toicinho dá um pito na nova geração do PIG

Dr. Toicinho, em sua juventude, ouvindo os clamores da TFP

A reforma política do Dr. Toicinho - Capítulo 1º das reformas piguianas

Galeria Augusto Probo Imaculado e seus "novos" homenageados
  

Quero colaborar com o Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário