sábado, 9 de julho de 2016

Trouxinha pergunta ao Blog 'se jornada de 80h semanais é Constitucional?'



Trouxinha pergunta ao Blog “se jornada de 80h semanais é Constitucional?"
Decretos de Temerlão I:
80h semanais,
75 anos de idade mínima para aposentadoria;
Fim do SUS etc.
 
Aturdido e envergonhado, Trouxinha pergunta ao Blog “se jornada de 80h semanais é Constitucional?".
A proposta, formulada pelo presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade, é mais uma das consequências dos atos de multidões de Trouxinhas que esbravejaram “contra a corrupção” e, ironicamente, entregaram o leme ao arquibandido Eduardo Cunha e seus comparsas.
Entretanto, o leque de ataques aos direitos trabalhistas não se resume à duplicação da jornada laboral. É muito mais extenso e ambicioso.
Conta-se que a criatividade para lascar o lombo dos trabalhadores é infinita e abundante em rola-bostas na imprensa “livre”, no sindicalismo da “força” do peleguismo e em feitores de diversos naipes. Tudo como demonstração de afeto e reverência aos interesses das oligarquias tupiniquins.
“75 anos como idade mínima para a aposentadoria” — primeiro degrau de uma escada centenária — chegou a ser comemorado com champanhe francês pelo PCC (Primeiro Comando do Capital), cuja estratégia de destruir o SUS e implantar a privatização da “saúde”, financiada pelo dinheiro público, produziu orgasmos múltiplos da Bovespa a Wall Street.
Comerciantes pressurosos e entusiasmados, admitiram que teriam “condições de oferecer, em prazo recorde, artefatos de contenção aos renitentes à nova ordem e progresso, tais como: Cotton screw - Parafuso de algodão; Thumbscrew – Anjinhos; Mask – Máscara; Neck collar – Colar; Wooden collar - Colar de madeira; Whip – Chicote; Blade – Lâmina; Hanging - Pendurar (pelas costelas); Pillory – Pelourinho; Dogs – Cães; Hanging – Forca e, sem demora, quaisquer outros itens solicitados sob encomenda”.
Conforme conclusão do Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939, “o nosso golpe de Estado de 2016 entende que os séculos XXI e XX retiraram o que havia de melhor nos séculos XIX e precedentes para lidar com a ralé e deixa-la no seu devido lugar. Mas a correção desses desvios bolivarianos está sendo trilhada com afinco neste momento, levando-nos de volta aos níveis civilizatórios propugnados por nossos antepassados.

Aplausos ensurdecedores irromperam na sala de reuniões da plutocracia, cuja concentração de cleptomaníacos por metro quadrado rivaliza cabeça a cabeça com as classes dominantes mundo a fora.

Confira também:

 

Saiba onde comprar A Guerra de Yuan e O Rato Pensador, de Agenor Bevilacqua Sobrinho














Nenhum comentário:

Postar um comentário